Sua empresa está preparada para uma auditoria ISO 14001? - Previnsa - Soluções em Segurança do Trabalho
Capacitação

Sua empresa está preparada para uma auditoria ISO 14001?

A competitividade diante um mercado global, que promove fusões e aquisições em ritmo frenético, tem feito a auditoria ISO 14001 ser vista como uma das ferramentas da gestão ambiental de mais relevância.

A necessidade de análises mais rigorosas em relação às questões ambientais tornou-se uma urgência no mercado da sustentabilidade, elevando a atuação dessa norma no mercado.

Ao contrário do que muita gente pensa, os processos de audição não servem para barrar empresas na busca pela certificação, mas sim para monitorar os processos ambientais da organização ao colocar o meio ambiente em primeiro lugar.

No post de hoje, vamos falar um pouco mais sobre a ISO 14001 e explicar como funciona o processo de auditoria. Acompanhe de perto e descubra se a sua empresa está preparada! 

O que é a ISO 14001?

A ISO 14001 é uma norma planejada para estabelecer a implementação de um Sistema de Gestão Ambiental (SGA) em empresas que desejam ir além de uma atuação ecologicamente correta.

Trata-se da instalação de práticas de gestão com foco em estratégias, para proporcionar ganhos econômicos com a redução de recursos e custos, considerando a cadeia de valor, ciclo de vida, entre outras mudanças.

Se uma empresa que obter o certificado ISO 14000, ela precisa estar comprometida com toda a legislação ambiental prevista no país. Uma vez que conquista a certificação, a organização atesta sua preocupação com a natureza e demonstra responsabilidade ambiental em padrão mundial.

Não basta apenas estar de acordo com as leis regionais. Trata-se de uma reorganização da corporação levando em conta padrões que determinam a melhoria contínua de processos pelo treinamento dos colaboradores.

Como funciona a auditoria ISO 14001?

A certificação ISO 140001 é obtida por meio de uma auditoria efetuada por entidades credenciadas pelo Inmetro, dentro da empresa candidata. Ela se baseia em um processo investigativo capaz de confirmar se o SGA atende, de fato, aos requisitos da norma.

Se a instituição estiver na primeira tentativa de obtenção da ISO, a auditoria externa fará a verificação e, caso sejam identificadas pendências, concederá um tempo para que a empresa repare as ocorrências.

Caso tudo seja corrigido no prazo estipulado, a empresa recebe o certificado, que é válido por 3 anos. Entretanto, o processo não para por aí, já que se fala de melhoria contínua. Dentro de um ano, uma auditoria de manutenção pode ser realizada, promovendo a busca pelo aprimoramento até a recertificação.

Para quem já conhece o processo de implementação da ISO 9001, a conquista da norma referente ao SGA é mais complicada. Isso porque a legislação ambiental no Brasil é complexa e requer uma análise minuciosa da situação da empresa.

A auditoria ISO 14001 é basicamente uma captura do retrato referente ao desempenho ambiental da corporação em um determinado momento. O principal objetivo é constatar se a o SGA foi implementado de forma correta, atendendo todos os padrões ambientais necessários.

Essa forma de auditar auxilia na observação dos critérios e medidas para evitar a degradação do meio ambiente, que costuma ocorrer em meio a falta de eficiência no controle do impacto ambiental das operações.

É de extrema importância que a empresa candidata à certificação invista em estudar e conhecer o máximo possível a respeito das exigências de uma auditoria desse nível antes mesmo de implementar um SGA.

Afinal, todas as áreas de risco costumam ser identificado nesse processo, assim como os problemas de infração ou desvio no cumprimento dos padrões determinados pela norma. Para isso, os gestores responsáveis pela qualidade devem estar devidamente preparados.

É importante entender que, em vez de uma metodologia de controle ambiental, a auditoria ISO 14001 funciona como uma ferramenta de gestão ambiental.

Como prática de gestão, ela não determina os requisitos, mas avalia o cumprimento deles conferindo as conformidades com política ambiental da empresa.

Por que a ISO 14001 é importante?

Contribuir com o desenvolvimento sustentável é essencial para empresas de todos os portes, pois além de promover a preservação do meio ambiente, é possível garantir ganhos econômicos.

Com um Sistema de Gestão Ambiental, além de atender aos requisitos da norma e se destacar no mercado como uma organização confiável, as empresas escapam de multas impostas por órgãos protetores da natureza e conseguem, até mesmo, obter financiamentos a juros mais convidativos.

Um histórico de respeito ao meio ambiente aumenta as chances não só de exportação, como também de obtenção de empréstimos a custos mais baixos. Sem contar com o fortalecimento da imagem de sustentabilidade e responsabilidade que é formada diante do público.

Quais são as principais inadequações encontradas?

Dentre os problemas mais relatados pelos auditores estão:

  • Interpretação errônea da norma que pode gerar a não aplicação de requisitos influentes sobre o Sistema de Gestão Ambiental.
  • Falta de compreensão sobre a importância do planejamento das tarefas, o que leva à construção de uma metodologia fraca e incompatível com a norma.
  • Despreparo para responder emergências.
  • Falta de engajamento dos colaboradores com o Sistema de Gestão Ambiental (notado por meio da falta de domínio dos assuntos e responsabilidades da parte dos funcionários envolvidos, ou seja, todo o corpo da empresa).
  • Desleixo com documentos.
  • Descumprimento das legislações ambientais ou falta de comprovantes necessários.
  • Falha na criação das instruções operacionais.

O que fazer para evitar esses problemas?

Para se preparar contra essas ocorrências, é possível investir em medidas práticas, como:

  • Treinar todos os colaboradores para que eles entendam os principais conceitos relacionados à norma e, principalmente, o sentido das não conformidades, ações corretivas e ações preventivas.
  • Alinhar todos os documentos necessários para a comprovação do cumprimento com as leis ambientais do país.
  • Criar indicadores em busca de monitorar os problemas listados como não conformidades.
  • Investir em uma auditoria interna (que pode ser contratada por uma empresa especializada nesse serviço) antes da verificação oficial.
  • Alinhar os indicadores definidos junto das metas estratégicas da instituição.
  • Determinar que a correção das não conformidades é responsabilidade de toda a empresa e não apenas do setor da qualidade.
  • Promover a cultura de importância do Sistema de Gestão Ambiental para todas as áreas da empresa, responsabilizando a todos, a começar pela Alta Direção.

Percebe-se, então, que uma auditoria ambiental pode ser utilizada como uma ferramenta para revelar a saúde ambiental de uma instituição, independentemente do segmento ou porte.

Dessa forma, a auditoria ISO 14001 funciona em prol da melhoria contínua e busca mapear as não conformidades com o desenvolvimento sustentável, citando quais as medidas necessárias para reparar os erros identificados.

Gostou deste artigo sobre auditoria? Sim? Então assine a nossa newsletter e fique por dentro das notícias relevantes para o mercado.

Você pode gostar
Inovação em segurança do trabalho: como fazer e quais os benefícios
Aprenda como organizar um treinamento in company na sua empresa!

Deixe seu comentário

Seu Comentário*

Seu Nome*
Seu Site

Share This