Warning: include_once(/home/customer/www/blog.previnsa.com.br/public_html/wp-content/plugins/wp-super-cache/wp-cache-phase1.php): failed to open stream: No such file or directory in /home/customer/www/blog.previnsa.com.br/public_html/wp-content/advanced-cache.php on line 21

Warning: include_once(): Failed opening '/home/customer/www/blog.previnsa.com.br/public_html/wp-content/plugins/wp-super-cache/wp-cache-phase1.php' for inclusion (include_path='.:/usr/local/php70/pear') in /home/customer/www/blog.previnsa.com.br/public_html/wp-content/advanced-cache.php on line 21

Warning: session_start(): Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/customer/www/blog.previnsa.com.br/public_html/wp-content/advanced-cache.php:21) in /home/customer/www/blog.previnsa.com.br/public_html/wp-content/themes/marketing-expert/functions.php on line 2

Warning: session_start(): Cannot send session cache limiter - headers already sent (output started at /home/customer/www/blog.previnsa.com.br/public_html/wp-content/advanced-cache.php:21) in /home/customer/www/blog.previnsa.com.br/public_html/wp-content/themes/marketing-expert/functions.php on line 2
Plano de Auxílio Mútuo: o que é e qual a importância de criá-lo? - Previnsa - Soluções em Segurança do Trabalho
Capacitação

Plano de Auxílio Mútuo: o que é e qual a importância de criá-lo?

Independentemente de a sua empresa produzir, manipular e/ou armazenar produtos altamente inflamáveis, outras ocorrências ligadas a incêndios acidentais ou naturais, enchentes e enxurradas podem colocar em risco a vida de funcionários e pessoas da comunidade, bem como gerar grandes prejuízos patrimoniais as empresas e moradores próximos. Isso torna essencial um Plano de Auxílio Mútuo.

Quando acontece algum acidente de grandes proporções nas redondezas, mesmo que o serviço público seja acionado, o primeiro socorro que chega é o da vizinhança. Isso torna essencial que sua empresa e as vizinhas estejam preparadas. As instruções adequadas de primeiros socorros em cada caso é o que ajudará a minimizar os danos físicos e a salvar vidas, além de reduzir as perdas materiais.

Quando existe um Plano de Auxílio Mútuo entre as empresas da região e a comunidade, a atuação de socorristas profissionais é facilitada, uma vez que, ao chegarem ao local, podem encontrar a situação controlada e, muitas vezes, já resolvida.

Devido a sua importância, o post de hoje visa explicar o que é um Plano de Auxílio Mútuo, quais são os seus objetivos e como criar um de forma eficiente. Confira!

O que é um Plano de Auxílio Mútuo?

O Plano de Auxílio Mútuo (PAM) é a união de empresas, governo e comunidade para formarem uma instituição sem fins lucrativos que visa auxiliar no atendimento emergencial oferecido pelo governo, como SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), Defesa Civil e Corpos de Bombeiros, sempre que são acionados para atenderem a uma ocorrência.

A ideia é disponibilizar pessoal treinado, materiais e equipamentos adequados para que possam agir de forma rápida e coordenada a fim de responderem imediatamente a catástrofes até a chegada dos socorristas. Como o tempo é primordial nessas situações, a estratégia é considerada fundamental em complexos industriais onde os riscos são maiores.

Qual a importância de criar um Plano de Auxílio Mútuo?

O PAM ajuda a criar engajamento entre empresas, comunidades e órgãos públicos, gerando uma forte mobilização de pessoas na atuação diante de desastres, seja de caráter acidental, criminoso ou natural. Além disso, conheça outros benefícios que tornam o PAM importante.

Reduz o tempo de espera por socorro

Em casos de acidentes, o acionamento de serviços públicos é uma obrigação. Mas, dependendo da distância, até que o socorro chegue ao local, os danos podem ser grandes. Por outro lado, com um PAM, o socorro chega na hora e de várias direções.

Ajuda a preservar a vida das pessoas

A vida é prioridade máxima em um atendimento socorrista de desastres. Essa consciência, traduzida em ações treinadas, é refletida nos momentos mais importantes e muitas vidas podem ser salvas.

Ajuda a salvar o patrimônio

Com as pessoas em segurança, o foco passa a ser no controle das ocorrências para tentar reduzir ao máximo o impacto gerado ao patrimônio da empresa e das pessoas que estão inseridos no ambiente.

Como montar um Plano de Auxílio Mútuo para a empresa?

O tempo de resposta às ocorrências é o que vai refletir no tamanho das perdas. Por isso, com ações mais rápidas, os danos físicos, materiais e ambientais registrados serão menores. Mas, para ter toda essa agilidade e eficiência é preciso ter um PAM muito bem planejado. Conheça agora as principais etapas para isso:

Obtenha o parecer do representante governamental local

O primeiro passo que você deve dar para ter um bom Plano de Auxílio Mútuo é convocar a prefeitura, os vereadores e líderes de órgãos governamentais de assistência, como Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, SAMU, Defesa Civil e outros, para uma reunião.

A ideia é apresentar o PAM aos representantes governamentais legais e, além do parecer, conseguir o total apoio deles no projeto. Isso será fundamental para garantir que o plano funcione bem, na prática.

Forme uma comissão de representantes legais

O próximo passo é convidar os líderes empresariais da região e o líder da comunidade para, com os líderes governamentais, elaborarem e revisarem o PAM, bem como definirem os representantes legais e os responsáveis por gerenciar o projeto.

Nessa etapa, são definidos os regulamentos internos, os procedimentos de segurança preventiva e reativa, os meios de comunicação, as responsabilidades de cada integrante do projeto, etc.

Realize reuniões de atualizações periódicas

Um período deve ser determinado pelo comitê para a realização de reuniões. A ideia é apresentar novos dados e informações e discutir novas estratégias. Além disso, é importante que os novos integrantes sejam treinados e os antigos passem por uma reciclagem.

Conteúdos teóricos e práticos devem ser aplicados. A simulação de ocorrências com o máximo de realismo é fundamental para a aquisição de habilidades e experiências práticas, moldando comportamentos ideais.

Integre o RIEM ao PAM

Além do PAM, invista numa Rede Integrada de Emergência (RIEM). A intenção é reunir equipes de prefeituras, hospitais e empresas públicas, mistas e privadas, de modo a reforçarem as ações do PAM.

Isso vai garantir a presença de unidades mais bem preparadas e equipadas no local do desastre, bem como médicos e enfermeiros aguardando no hospital a chegada dos primeiros feridos. O resultado será um melhor atendimento prestado as ocorrências.

Tenha o apoio de uma consultora de emergências

Você vai precisar do apoio de alguém que realmente entende sobre Plano de Auxílio Mútuo para ajudar a montar um que seja eficiente. Por isso, considere contatar uma empresa consultora de emergências.

Pela experiência que tem e por englobar todos os aspectos, deve identificar pontos que você nem imaginava ou deixou passar por falta de visão, ajudando a montar um PAM mais completo e coeso.

E tem mais. Além de ajudar a montar um bom Plano de Auxílio Mútuo, a empresa deve oferecer treinamento teórico e prático com conteúdos de valor, utilizando tecnologias de simulação virtual, ensino e monitoramento a distância dos envolvidos.

Para auxiliar os serviços públicos e trazer maior sensação de segurança às pessoas (moradores e trabalhadores) da região, formar um Plano de Auxílio Mútuo é primordial. Afinal, estamos falando em preservar vidas, patrimônios e o meio ambiente. Não deixe uma catástrofe acontecer para montar um PAM. Atue de forma preventiva e evite que ela ocorra.

E a sua empresa já criou ou participa de algum Plano de Auxílio Mútuo? Conta para a gente nos comentários!

Você pode gostar
Treinamento em DEA: entenda a importância dele para salvar vidas!
Plano de abandono: os segredos para evitar grandes tragédias
Plano de abandono: os segredos para evitar grandes tragédias

Deixe seu comentário

Seu Comentário*

Seu Nome*
Seu Site

Share This