Afinal, qual a importância do técnico em segurança do trabalho? - Previnsa - Soluções em Segurança do Trabalho
Capacitação

Afinal, qual a importância do técnico em segurança do trabalho?

Não é necessário um argumento muito sofisticado para mostrar a importância do técnico em segurança do trabalho. Só os dados estatísticos levantados pelos Ministérios do Trabalho e da Fazenda e pela Previdência Social já são suficientes para mostrar uma situação assustadora.

O Brasil é o quarto país do mundo em número de acidentes laborais, registrando cerca de 700 mil ocorrências por ano, o que somou 3,5 milhões de casos no país inteiro entre 2012 e 2016. Estima-se que tal situação levou a um impacto econômico, a partir de 2012, contabilizado em torno de 22 bilhões de reais, o que poderia alcançar os 40 bilhões, caso as atividades informais entrassem nas estatísticas.

Como você vê, é fácil concluir que o papel do técnico em segurança do trabalho é de extrema importância, principalmente, se considerarmos que a maioria dos acidentes de trabalho poderiam ser evitados.

Continue lendo este artigo para saber mais sobre a importância desse profissional, tanto para os empregados quanto para as empresas e também para a sociedade como um todo.

Quem é o técnico em segurança do trabalho?

Sendo um profissional, que se qualifica para atuar nos cuidados com a saúde dos trabalhadores e na prevenção de acidentes dentro das empresas, ele visa minimizar os riscos de acidentes no ambiente corporativo.

Durante o curso, aprende-se sobre normas e leis de segurança, uso de equipamentos de proteção individual e coletiva, métodos de identificação e avaliação de riscos, normas de saúde e higiene no trabalho, prevenção de danos ao meio ambiente, etc.

Isso inclui estudar disciplinas como ergonomia, prevenção e combate a incêndios, doenças ocupacionais, segurança no trabalho e outras, que podem variar de acordo com o curso escolhido.

O que esse profissional faz?

Os profissionais que se encarregam da segurança e da saúde ocupacional se dedicam a melhorar as condições do ambiente de trabalho, para que os empregados exerçam suas funções de modo seguro.

Na prática, isso envolve muitas atividades. As atribuições desse profissional incluem:

  • emitir pareceres técnicos sobre riscos no ambiente e orientar ações adequadas;

  • orientar e motivar os trabalhadores para eliminar ou neutralizar os riscos de suas funções, incluindo o uso de equipamentos de proteção individual (EPIs);

  • analisar os processos laborais para identificar possibilidades de acidentes e sugerir medidas preventivas;

  • conduzir treinamentos de prevenção de acidentes, avaliar resultados e estabelecer procedimentos a serem adotados;

  • adotar recursos pedagógicos, como palestras, reuniões e campanhas de conscientização, com o intuito de divulgar as normas de segurança e de higiene no trabalho;

  • inspecionar o ambiente de trabalho e os equipamentos de proteção;

  • conhecer a legislação vigente sobre segurança no trabalho e conscientizar empregados e empregadores sobre seus direitos e deveres;

  • cuidar da preservação do meio ambiente, orientando sobre o tratamento e a destinação de resíduos tóxicos;

  • analisar dados estatísticos sobre acidentes de trabalho e traçar estratégias para evitá-los;

  • orientar empregados e empregadores sobre ambientes insalubres, espaços confinados, riscos de incêndio, de explosão ou qualquer outra situação que possa provocar acidentes e danos à saúde.

Quais são os benefícios dessa profissão?

A atuação do técnico em segurança do trabalho é fundamental tanto para o empregado, quanto para o empregador e para a sociedade como um todo.

Vejamos como cada um se beneficia!

A importância para os empregados

O trabalho desse profissional varia de acordo com o tamanho da empresa e do tipo de atividades exercidas pelos empregados, mas sempre com seu grau de importância.

Em ambientes que não envolvam muitos riscos potenciais, como em um escritório, por exemplo, ele será responsável pelos treinamentos preventivos, procedimentos de emergência, ergonomia, higiene no trabalho etc.

No setor industrial, seu campo de atuação será ainda mais amplo e vai incluir, por exemplo:

  • checagem de equipamentos para que se enquadrem nas normas de segurança;

  • treinamento dos operadores de máquinas;

  • orientação quanto ao uso de EPIs;

  • coleta e análise de materiais tóxicos e orientação quanto ao seu manuseio;

  • monitoramento da qualidade do ar e da água;

  • investigação de acidentes de trabalho.

Como é possível notar, a atuação do técnico em segurança do trabalho é fundamental para reduzir riscos para os empregados, evitando afastamentos do trabalho e garantindo a saúde e a segurança do grupo.

A importância para os empregadores

Promovendo a saúde e a segurança dos colaboradores, a ação do técnico em segurança do trabalho beneficia os empregadores em vários aspectos:

  • reduz riscos e custos para a empresa;

  • diminui as taxas de ausências e rotatividade de mão de obra;

  • evita acidentes de trabalho e suas consequências negativas;

  • reduz processos trabalhistas por descumprimento da lei e pedidos indenizatórios por acidentes;

  • garante o bem-estar da equipe e, por consequência, melhora a produtividade;

  • mantém a boa reputação da empresa frente aos clientes, fornecedores, investidores, comunidade, etc.

A importância para a sociedade

Se as condições de saúde e segurança no trabalho não são preservadas, as consequências se estendem à sociedade como um todo.

No mundo inteiro, milhões de dias de trabalho são perdidos devido a afastamentos por acidentes ou doenças relacionadas ao ambiente laboral.

Em colaboração com o Ministério da Saúde, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) conduziu uma pesquisa nacional, em 2013, em que 4.948.000 pessoas declararam ter sofrido algum tipo de acidente de trabalho nos 12 meses anteriores.

O custo das perdas humanas e financeiras provocam impactos negativos na economia e, logicamente, os prejuízos atingem toda a sociedade. Basta pensar que um único acidente de trabalho, além dos prejuízos pessoais para a vida do trabalhador e os custos para a empresa, onera os serviços de saúde e de previdência social do país.

Portanto, a atuação eficiente do técnico em segurança do trabalho revela-se fundamental para o bem-estar e a segurança no ambiente corporativo e, por isso, beneficia toda a sociedade.

Para concluir, é importante salientar que a Organização Mundial da Saúde (OMS) afirma que 96% dos acidentes de trabalho poderiam ser evitados. Quando um acidente acontece, inúmeros incidentes e falhas já ocorreram antes, porém, não foram detectados e corrigidos em tempo hábil para evitar consequências mais graves.

Portanto, em vista de tudo que mencionamos acima, quanto aos prejuízos advindos de um ambiente laboral inadequado à saúde e segurança de quem nele atua, é inegável a importância do técnico em segurança do trabalho.

Esperamos que nosso artigo seja útil para incentivar medidas que visem promover o bem-estar e a saúde de seus trabalhadores. Queremos muito saber sua opinião sobre o assunto. Deixe seus comentários!

Você pode gostar
Medidas de Higiene no Industrial e Trabalho
Medidas de higiene: elas contribuem para a segurança no trabalho?
Entenda a segurança do trabalho na construção civil
2 Comentários
  • Alcione Alves ago 3,2017 at 2017-08-03T18:31:45+00:000000004531201708

    Excelente Artigo…parabéns.

    • Previnsa nov 9,2017 at 2017-11-09T16:01:32+00:000000003230201711

      Alcione, boa tarde!
      Muito obrigado pela consideração, assine nossa Newsletter e fique por dentro dos novos assuntos abordados!

      Um abraço!

Deixe seu comentário

Seu Comentário*

Seu Nome*
Seu Site

Share This